Saltar para o conteúdo

Férias de Verão no Museu - agosto e setembro

Vamos às Hortas!

30 ago 2021 — 03 set 202109h30 – 17h30

ESGOTADO

Museu de Lisboa – Palácio Pimenta | Exposição temporária Hortas de Lisboa | Teatro Romano | Santo António

60 € (5 dias) ou 15 € (1 dia)

5 - 14 anos

Os participantes devem trazer almoço e dois lanches, manhã e tarde. O almoço não pode ser aquecido, deverá ser pic-nic.
Recomendação: Roupa e calçado confortáveis, uso de chapéu nas atividades de exterior. 

PROGRAMA
Vamos às Hortas!

Nas hortas da cidade temos muito para aprender. Nestes dias, mergulhados na natureza, prometem-se descobertas surpreendentes.

Vamos aprender a fazer uma horta em casa, no quintal ou na varanda, vamos fazer hotéis para insetos e descobrir porque são tão amigos da horta e bem-vindos na cidade, vamos viajar até ao passado de Lisboa e ver hortas onde agora há grandes avenidas.

Preparados para deitar mãos “à terra” no Museu de Lisboa?

 

DIA 30 DE AGOSTO – SEGUNDA-FEIRA 
Local de início da atividade: Museu de Lisboa - Palácio Pimenta
Almoço: Jardim do Palácio Pimenta
Local de fim da atividade: Museu de Lisboa - Palácio Pimenta

S E M E A R 

Nas Hortas de Lisboa, exposição temporária do Museu de Lisboa, começamos por “semear” espírito de partilha, de amizade e de cooperação, numa manhã muito divertida. À tarde, deitamos mãos à sementeira e descobrimos, na horta, quais as plantas que são boas vizinhas.  
 

DIA 31 DE AGOSTO – TERÇA-FEIRA
Local de início da atividade: Museu de Lisboa - Palácio Pimenta
Almoço: Jardim do Palácio Pimenta
Local de fim da atividade: Museu de Lisboa - Palácio Pimenta

C U I D A R

Cuidar da boa disposição… começamos por fazer insetos de todas as formas e cores e, no Jardim Bordalo Pinheiro, vamos “libertá-los”. Por entre os nossos insetos e os do artista Rafael Bordalo Pinheiro, vamos fazer jogos que nos convidam a usar o corpo e a imaginação. 
Cuidar da horta…  é tempo de descobrir insetos nas Hortas de Lisboa, e aprender como abelhas, borboletas e joaninhas, entre outros, são insetos nossos amigos. A tarde promete conversas surpreendentes e um trabalho empolgante: fazer um hotel para insetos! 
 
DIA 1 DE SETEMBRO – QUARTA-FEIRA
Local de início da atividade: Largo Adelino Amaro da Costa (Largo do Caldas) 
Almoço: Largo de Santo António  
Local de fim da atividade: Largo Adelino Amaro da Costa (Largo do Caldas)

D E S C O B R I R 

No Museu de Lisboa - Teatro Romano vamos falar de hortas e na viagem das plantas há 2000 anos e descobrir neste museu plantas que existiam na cidade romana de Lisboa – Felicitas Iulia Olisipo
Depois desta experiência, descemos ao Museu de Lisboa - Santo António e conhecendo a cidade que viu nascer o Santo, uma cidade dentro de muralhas, cheia e rodeada de hortas, que havia poucos anos tinha sido muçulmana, lançamo-nos na aventura dos pigmentos usados no desenho e na escrita, em período medieval. As cores estão na natureza. Onde? 


DIA 2 DE SETEMBRO – QUINTA-FEIRA
Local de início da atividade: Museu de Lisboa - Palácio Pimenta
Almoço: Jardim do Palácio Pimenta
Local de fim da atividade: Museu de Lisboa - Palácio Pimenta

C O L H E R 

De volta às Hortas de Lisboa desvenda-se o seu passado e lá estão elas onde hoje existem grandes avenidas, como por exemplo a Avenida da Liberdade. Surpreendidos com estas descobertas lançamo-nos nas surpresas maiores que surgem “do experimentar” e “do fazer”. É altura de colher para comer – a alimentação, colher para curar – as plantas na saúde, colher para tingir – o vestuário e tantos acessórios, colher para pintar – a aventura dos pigmentos, enfim, colher para fazermos oficinas plásticas muito criativas, de experimentação de plantas na tinturaria.  
  

DIA 3 DE SETEMBRO – SEXTA-FEIRA
Local de início da atividade: Museu de Lisboa - Palácio Pimenta
Almoço: Jardim do Palácio Pimenta
Local de fim da atividade: Museu de Lisboa - Palácio Pimenta

D E S F R U T A R 

Desfrutar significa: “ter os frutos ou ter o gozo de. = USUFRUIR”
É dia, pois, de desfrutar. Primeiro da visita a uma horta vizinha… pela fresquinha, ver e sentir tudo o que lá se descobre para compreender melhor. E depois, desfrutar da experiência de recriação de um “passeio às hortas”, hábito dos lisboetas começado há mais de 100 anos e de que hoje temos ecos ao fazermos piqueniques e programas ao ar livre nas proximidades com natureza, nos arredores da cidade. Há tempo para fazermos a nossa própria lancheira e preparar o grande piquenique cheio de alimentos saudáveis e recheado dos trabalhos e aventuras partilhadas ao longo desta semana. 
 

IMG_5399CRop.jpg

© Museu de Lisboa